Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 23 de Fevereiro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Abençoadas Rainhas!
Data:12/05/2018 - Hora:09h45
Abençoadas Rainhas!
Reprodução Web

Nem sempre o dia das mãos cai num dia 13 de maio, já que é uma data oscilante, ou seja, comemorado no segundo domingo de maio. Com as flutuações de ano bissexto no calendário, (o fuso temporal varia de ano para ano), este ano a data máxima da Rainha do Lar, coincide neste domingo, 13, com o da libertação dos escravos no patropi. Muitas delas continuam sendo escravas do lar, de companheiros insensíveis, de filhos ingratos, mas a despeito de tudo isso e um pouco mais de desrespeito à célula mater da vida, elas não perdem o divino porte de Rainhas. Assim como muitos de nossos leitores, não temos mais a presença material da nossa, neste mundo de desigualdades e injustiças e em memória dela, de sua alma pura, rogamos a Deus, o único Supremo, que abençoe todas as Mães, hoje e sempre. Solteiras, viúvas, divorciadas, brancas, negras, asiáticas, índias, gordas ou magras, altas ou baixinhas, enfim, todas mesmo, independente de raça ou credo, pela brilhante efeméride. A despeito do viés mercadológico, o Dia das Mães é uma data de singular importância para o mundo ocidental, sobretudo por reforçar os vínculos familiares. Para aqueles que pensam ser a data algo do século XVIII, importante lembrar que ela remonta a Idade Antiga, onde relatos de rituais e festivais em torno de figuras mitológicas maternas e de fenômenos como a fertilidade, já eram cultuados. Na Idade Média, havia também muitas referências a respeito da figura da Mãe, sobretudo o simbolismo judaico-cristão com as figuras de Eva e Maria. Claro, que foi apenas no início do século XX que as mães passaram a ter um dia oficial para serem homenageadas, remetendo-nos à história da americana Anna Reeves Jarvis, uma evangélica metodista de West Virginia, Estados Unidos, ativista social, mãe de doze filhos, que começou a articular eventos que reuniam mães em torno de demandas sociais. Foi portanto há 160 anos, no longínquo 1858, que Jarvis criou os Clubes "Dias de Trabalho das Mães" que atuavam pela diminuição da mortalidade de crianças de famílias de trabalhadores. Anos depois, a ativista organizou o Dia da Amizade das Mães, para reunir famílias e vizinhos separados com a Guerra Civil dos EUA, e para ações solidárias com os feridos. Depois da morte de Anna Jarvis, em 1905, uma de suas filhas, que tinha o mesmo nome, foi quem militou para a oficialização de um dia nacional das mães. Anna Jarvis filha queria honrar a memória da mãe ativista social com um ato pela paz e com isso prestar homenagem a todas as mães e assim, o segundo domingo de maio foi instituído por lei nos EUA, em 1914, como Dia das Mães. No caso do Brasil, o Dia das Mães foi comemorado pela primeira vez em 12 de maio de 1918, na Associação Cristã de Moços de Porto Alegre e a gente finaliza nossas homenagens às Mães do Brasil, de Mato Grosso e especificamente Cáceres, com chave de ouro pelo centenário da efeméride tupiniquim. À bênção, Mães, que Deus sempre as protejam, Bom Dia!

 




fonte: Da Redação



JBA AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
vende
Vende-se
High Society
Energia positivas ao ilustre aniversariante Gilmar Batista Marostega, que ontem celebrou ao lado dos familiares mais um ano de vida. Que esse novo ano seja de muita luz, saúde, felicidades e realizações. Que a alegria acompanhe você por todos os momentos e que Deus continue guiando todos os seus passos e iluminando cada vez mais os seus pensamentos. No rol dos aniversariantes recebendo dos amigos e familiares os parabéns Adriano Faria a quem enviamos os mais sinceros votos de felicidades. Que  o Criador abençoe você a cada ano, e que essa nova idade lhe traga muitas chances para vencer, pois você merece. Muitos anos de vida, e um feliz aniversário! Amigo é coisa pra se guardar no lado esquerdo do peito, assim diz a música de Milton Nascimento. E assim  nas horinhas de folga se encontram para um bate papo descontraído celebrando a amizade de tantos anos. Hoje o nosso abraço a esse trio maravilhoso José Carlos Carvalho, Adilson Reis e o maestro Osmar.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados