Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Malditas Provisórias
Data:29/04/2018 - Hora:08h57

Sabadão de sol, cerveja, praia de pantaneiro que é as areias do Daveron, feriadão pela frente e agüenta coração, que alguns vão emendar a segunda e só voltar de farol baixo de ressaca na quarta feira. Alguns, claro, porque muitos que dependem do empreguinho e dos biscates pra salvar o sal da janta continuam no batente que dia do trabalho é todos os dias para eles. Dentre os alguns aqui citados, estão eles, os deputados estaduais, nossos empregados na Assembléia Legislativa de Mato Grosso, que, aliás, não voltam na quarta feira, dia 2 e sim, no dia 16, já que por decisões próprias e de livre acordo, sem consultar os patrões, a gente, cancelaram todas as sessões da próxima semana para aproveitar o feriado do Trabalhador. Assim, as quatro sessões, realizadas entre terça-feira e quinta-feira, deverão ser repostas em 15 dias, conforme a proposta apresentada pelo deputado Romualdo Júnior e aprovada pelos outros parlamentares. Como se não bastassem os recessos e demais feriados, mais esta folga, tudo bem remunerado com salário mensal de R$ 25,3 mil e que passa dos R$ 65 mil/mês com verbas indenizatórias, para despesas próprias, sem qualquer tipo de controle de prestação de contas. Os gravatinhas, claro, tem motivos de sobra para comemorar sem trabalho o Dia do Trabalhador, já, a gente, patrão deles, continua na semi-escravidão, senão vejamos: A Lei do Ventre-Livre do Visconde do Rio Branco, (1871) continua sem viger, pois o brasileiro pobre, já nasce escravo, devendo ao governo; A tal Lei do Sexagenário (1885) a Saraiva Cotegipe, que livrara idosos com mais de 65 anos de ser escravo, minguou no tempo, diante da leva de anciãos no batente pra sobreviver com um salário inferior a R$ 32,00/dia; e a Lei Áurea, bem, esta deve ter sido escrita a lápis, haja vista, que após 130 anos, miscigenou nas 13 décadas mantendo nas curvas da vida, esta legião de mais de 150 milhões de escravos assalariados no patropi. A maldita provisória, ...ou será medida (?) as duas, pronto, que validaria a retrógrada neoliberal deforma trabalhista,... ou seria reforma (?), as duas, neném, foi além da Lei Áurea revogando aquela de 1888 e a CLT de Vargas. Mesmo extinta pelo lapso vigente sem aprovação, ameaça a classe trabalhista via decretos temerosos, assim como a prima irmã de reformas demoníacas, a da Previdência, dormente em mentes satânicas, seria o reverso da Saraiva Cotegipe, concordam? Nada a surpreender amigos, num país onde os poderosos atropelam até a lei magna da nação, a nossa (será mesmo?) sagrada constituição, desconstituída em prosa e verso, medidas desmedidas ao bel prazer de legisladores, julgadores e executada com decisões leoninas em nome de uma hermenêutica que chega ao extremo de pisar em clausulas pétreas. Exceto o feriado cair numa segunda feira, pouco ou quase nada teremos a comemorar no dia 1º de Maio, frente a tantas desigualdades e patifarias politiqueiras, no país do faz de conta, Bom Dia!

 




fonte: Da Redação



AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Flores multicoloridas a aniversariante do dia Ryvia Sodré que festeja a data ao lado do maridão Erze, filho Juninho, familiares e amigos. Que sua vida seja plena de alegrias, saúde e muitas prosperidades são os nossos sinceros votos. Destaque VIP ao querido José Ricardo Menacho que com sua voz maravilhosa abrilhantou o evento de inauguração do Natal Luz, cantando My way acompanhado pela Banda Sinfônica da Universidade do Estado de Mato Grosso. Um show de alto nível que merece nossos aplausos. Votos de felicidades ao mais novo casal Anderson Silva e Kamila Ladeia Segatto. Que essa união perdure para sempre e que o amor e o respeito sejam uma constante na vida a dois.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados