Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 25 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
FEBRABAN reduz o prazo para compensação de cheque
Data:14/04/2018 - Hora:08h40
FEBRABAN reduz o prazo  para compensação de cheque
Ilustrativa

A partir de 16 de abril os cheques de valores inferiores a 300 reais serão compensados em um dia útil, e não mais em dois dias, anunciou nesta quinta-feira (12) a Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

Com isso, o prazo para a compensação dos cheques, indiferentemente do valor, fica unificado em um dia útil, permitindo que os valores ingressem na conta de favorecidos mais rapidamente. Atualmente, apenas os cheques com valor superior a 299,99 reais são compensados em um dia útil.

“As alterações seguem os esforços do Banco Central de aprimorar os instrumentos de pagamentos, tornando-os mais eficientes e seguros para o usuário, e do setor bancário, sempre comprometido em modernizar e inovar seus procedimentos”, disse o diretor-adjunto de Negócios da Febraban, Walter Tadeu de Faria.

A nova regra também determina que todos os documentos sejam compensados no ambiente da Compe (Centralizadora de Compensação de cheques). As mudanças foram determinadas por circular do Banco Central de novembro de 2017.

De acordo com o diretor da Febraban, o estágio atual da tecnologia de processamento de dados das instituições financeiras possibilitou a aplicação da compensação única para todos os documentos, permitindo uma agilidade maior nas transações.

Essa evolução ocorreu, particularmente, depois da implementação da compensação por imagem, em 2011, resultado de melhorias dos processos internos dos bancos. A Compe por imagem diminuiu o tempo do processo, reduziu os gastos com transporte, eliminando as trocas físicas que antes eram feitas. Para garantir a integridade, os documentos digitalizados receberam um certificado digital chamado ICP-Brasil, uma ferramenta segura que inibe fraudes.

Outro fator que contribui para a redução no prazo de compensação é a queda no número de cheques liquidados no Brasil. Em 2017, foram compensados 494 milhões, um volume 85% menor em relação a 1995, quando foram compensados 3,3 bilhões de cheques.

A redução ocorreu em um momento de expansão do número de contas correntes no País. De acordo com a Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária, o total de contas correntes em 1995 totalizava 39 milhões no Brasil, número que alcançou 161 milhões em 2017.

O cliente bancário tem deixado, cada vez mais, de usar cheques, e optado por outros meios de pagamento, em especial as transações digitais. Atualmente, o total de operações bancárias realizadas por internet banking e móbile banking respondem, juntos, por 57% do total de transações feitas em todo o país.




fonte: Reuters com Redação



JBA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
No rol dos aniversariantes de hoje a querida Elisangela Cunha recebe os parabéns dos filhos, do maridão Abilio (foto) e amigos. Que o seu aniversário seja um dia de muitas alegrias e que todos os seus sonhos se tornem realidade. Nosso abraço recheado de felicitações e desejos de muitos anos de vida. Forte abraço a nossa leitora assídua Alzira Lindote, conhecida carinhosamente por Dona Giroca, que todas as manhãs acompanha nosso trabalho.  Muito bom tê-la como assinante a tantos anos.  Agradecemos e desejamos uma excelente quarta-feira.  Destaque a Marco Flavio da Cunha Martins que envolto ao carinho dos familiares e amigos celebrou data nova. Que você complete muitos anos de vida, sempre com saúde, amor e felicidade.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados